Institucional > FIEP

Câmara de Telecomunicações ganha status de Conselho Temático da Fiep

Grupo debate prioridades e articula ações para aprimorar o setor no Paraná

Carlos Valter fala durante a primeira reunião do agora Conselho Temático de Telecomunicações (Foto: Gelson Bampi)

Criada em 2013, a Câmara de Telecomunicações da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) passa a ser, a partir de agora, mais um Conselho Temático da entidade. A primeira reunião do grupo com o novo status ocorreu nesta quinta-feira (10), com a presença do presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro.

Confira mais fotos da reunião

Compostos por representantes de empresas, sindicatos industriais e outras entidades empresariais, os Conselhos Temáticos e Setoriais da Fiep têm como objetivo construir um canal permanente de diálogo da entidade com a indústria. As demandas e informações levantadas pelos Conselhos servem de subsídio para a diretoria da Fiep na definição de estratégias de atuação na defesa dos interesses da indústria paranaense. Atualmente, são dez Conselhos Temáticos, que discutem assuntos transversais que impactam em todas as atividades industriais, e sete Conselhos Setoriais, que tratam de segmentos específicos.

Até então, a Câmara de Telecomunicações era um grupo de trabalho ligado ao Conselho Temático de Infraestrutura. Pela proatividade de seus integrantes e pela relevância do tema especialmente para ampliar a conectividade do setor industrial – fator ainda mais relevante diante das novas estratégias e tecnologias trazidas pela Indústria 4.0 – o grupo foi elevado ao status de Conselho Temático.

“A Fiep tem a missão de representar os interesses da indústria, e é isso que fazemos aqui com este Conselho”, afirmou Carlos Valter. “A diretoria da Fiep tem que ser pautada pelo Conselho sobre quais são os posicionamentos e prioridades do setor que precisamos defender como instituição. Esse direcionamento do setor vai ser sempre considerado por nós”, acrescentou.

O presidente da Fiep destacou também que o grupo ganha ainda mais representatividade pelo fato de reunir diversas empresas e operadoras, muitas delas concorrentes, mas que possuem interesses comuns para o desenvolvimento do setor no Paraná. Conta também com importantes instituições ligadas ao segmento, como o Sindicato das Indústrias e Empresas de Instalação, Operação e Manutenção de Redes, Equipamentos e Sistemas de Telecomunicações do Paraná (Siitep), além de representantes de outras entidades do setor produtivo, como ACP, Fecomercio e Ocepar.

Prioridades
O empresário Pedro Américo de Abreu Junior, coordenador do Conselho de Telecomunicações, agradeceu o apoio que o grupo vem recebendo da Fiep e ressaltou que a atuação dos integrantes tem sido importante para debater assuntos essenciais para o setor. “Este é um grupo que, desde o início, sempre foi coeso e conseguiu chegar em consensos para defender os interesses do setor”, disse.

Entre as principais pautas tratadas pelo Conselho está a necessidade de atualização em legislações federais, estaduais e principalmente municipais que estabelecem parâmetros para a instalação de redes e estruturas de telecomunicações. Um tema que ganha ainda mais importância pela chegada da tecnologia 5G ao país. Além disso, os prejuízos causados para empresas e consumidores pelos constantes roubos de equipamentos das operadoras é outro assunto para o qual o grupo permanentemente busca soluções, em articulação com autoridades da área de segurança pública.

Outro destaque é a participação ativa do grupo no comitê Descomplica Telecom, criado em 2020 pelo governo do Paraná com o objetivo de resolver os principais gargalos do setor no Estado. Nesse fórum, o Conselho da Fiep coordena os grupos de trabalho voltados para o aprimoramento da legislação da área e para a melhoria da conectividade rural.

About Author