Institucional > FIEP

Lideranças apresentam mais de 400 sugestões em projetos do novo modelo de pedágios do Paraná

Propostas foram feitas durante encontros regionais organizados pelo G7, com coordenação técnica da Fiep, em que o Ministério da Infraestrutura detalhou as obras previstas nas rodovias de cada um dos seis lotes

Reuniões com representantes do Ministério da Infraestrutura foram realizadas por videoconferência

Mais de 1.100 pessoas acompanharam, na semana passada, a série de reuniões organizada pelo G7, grupo das principais entidades do setor produtivo paranaense, para discutir as obras previstas no novo modelo de concessões de rodovias. Nos encontros, que tiveram coordenação técnica da Fiep, foram colhidas mais de 400 contribuições de lideranças regionais relacionadas aos projetos detalhados por representantes do Ministério da Infraestrutura.

Foram seis reuniões virtuais, entre os dias 15 e 19 de março, com transmissão pelo Canal da Indústria do Sistema Fiep, uma para cada um dos lotes que integram a proposta do governo federal para as estradas paranaenses. A cada reunião, eram apresentados os dados gerais dos lotes, como extensão, montante de investimentos e as principais obras e seus cronogramas de execução. Em seguida, era feito um tour virtual pelas estradas, por meio da ferramenta Google Earth, em que era indicada a localização de diferentes intervenções previstas, como duplicações, construção de contornos urbanos, trevos ou retornos, implantação de faixas adicionais ou vias marginais e posição de praças de pedágio e passarelas, entre outras.

Ao final da apresentação do ministério, as lideranças empresariais, políticas e da sociedade civil das regiões envolvidas em cada lote podiam tirar dúvidas ou sugerir mudanças nos projetos. Cerca de 120 pessoas se manifestaram nas reuniões, apresentando um total de mais de 400 sugestões e pedidos de esclarecimentos ou alterações, muitos deles sendo reforçados por mais de um participante. Entre eles, houve solicitações para exclusão ou mudanças de local de praças de pedágio, sobre o traçado de contornos, posição de retornos, passarelas e trevos em trechos urbanos ou melhorias na iluminação das estradas.

O diretor do Departamento de Transporte Rodoviário do Ministério da Infraestrutura, Guilherme Bianco, afirmou que as sugestões serão levadas em consideração para que sejam feitas mudanças e melhorias nos projetos. Para reforçar os pedidos, a Fiep compilou todas as demandas apresentadas nas reuniões e, nesta segunda-feira (22), registrou-as oficialmente no site da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), onde ainda estava aberto o período para recebimento de contribuições na audiência pública iniciada no fim de fevereiro.

O documento com as sugestões apresentadas, divididas por lote, está disponível clicando aqui.

Para saber mais sobre as obras previstas para cada lote e assistir às reuniões na íntegra, clique nos links abaixo:

Lote 1 – Curitiba e RMC e Campos Gerais

Lote 2 – Curitiba e RMC, Campos Gerais e Norte Pioneiro

Lote 3 – Campos Gerais e Norte

Lote 4 – Norte e Noroeste

Lote 5 – Noroeste e Oeste

Lote 6 – Oeste e Sudoeste

 

About Author